5 Dicas De Leitura Da Livraria Mandarina

5 Dicas De Leitura Da Livraria Mandarina

A boa notícia desses últimos meses foi a chegada de uma nova vizinha. A Mandarina é a nossa livraria do bairro, um terreno fértil de ideias, super acolhedor, com uma curadoria de livros essenciais para os dias de hoje.

Livraria Mandarina Pinheiros

A primeira vez que passamos na frente da Mandarina, em um dia corrido de trabalho, foi como um convite para uma pausa. Aquele sobrado acolhedor com uma grande mesa convidativa na frente e uma amostra de livros na vitrine que já dizia muito sobre o que encontraríamos lá dentro. Cruzando a porta, um sentimento mais enérgico. Vontade de ler tudo, descobrir novos autores e um cheirinho de café com tangerina. A Dani, uma das sócias, nos recebeu super bem, deu ótimas dicas e nisso ganhamos mais uma amiga de bairro. Em nossa troca de ideias percebemos que Acolá e Mandarina tem muito em comum. Nos identificamos no espírito de criação, de descoberta e de trocar com o outro. Somos parceiras em prol da libertação e espírito crítico das mulheres.

Em meio à admiração, sugerimos que a Mandarina nos recomendasse uma lista de 5 livros e a seleção foi inspiradora.

Mergulhe com a gente nessas histórias:
- Amada, Toni Morrison
- Ao Farol, Virginia Woolf
- 9 histórias, Salinger 
- A morte de Ivan Ilitch, Tolstoi 
- A paixão segundo GH da Clarice Lispector 

5 dicas de leitura Mandarina

Esses títulos também fazem parte da Clube de Leitura Frutífera. É um encontro mensal que acontece na própria Mandarina para discutir o livro do mês. Então se você já leu ou se interessou por algum deles, vale muito a pena participar dessa troca. Amada e Ao Farol são de meses passados. O próximo será 9 histórias dia 28/11, A morte de Ivan Litch dia 12/12 e A paixão segundo GH dia 30/01. Dá tempo para ser programar!

Um pouco mais sobre a Mandarina

Daniela Amendola e Roberta Paixão da Mandarina

A Dani e a Roberta são as mulheres por trás dessa grande iniciativa, que democratiza a leitura trazendo, além dos já renomados e importantes autores de ficção e humanidades, também jovens e contemporâneos escritores que merecem ser lidos, editoras independentes e literatura premiada brasileira que nem sempre chega ao público. A escolha do nome também é uma boa história pra as contar: A Mandarina é uma fruta milenar que se espalhou pelo mundo por meio da comercialização entre portugueses e chineses, uma ligação do oriente ao ocidente. O processo de maturação da mandarina leva tempo nos galhos das árvores, assim como o acúmulo de saber leva anos para se consolidar. A cor da mandarina também se transforma, de verde para laranja, durante a maturação. Nós, leitores, também nos transformamos com a leitura de livros. Outro aspecto são os gomos que se assemelham às páginas: à medida que comemos (ou lemos) sentimos um sabor ora ácido ora doce.

Gostou da nossa dica frutífera do mês?



Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.